Article

Simplesmente o melhor - Definindo Anderson Silva

Se aqueça para o UFC RIO voltando no tempo e conferindo alguns do melhores momentos do "cara" da luta principal, o campeão peso médio do UFC,  Anderson Silva....
Campeão dos médios do UFC, Anderson Silva, um homem considerado pela maioria como o melhor lutador do mundo, pound for pound, volta ao octógono no dia 27 de agosto para defender seu título contra o último homem a derrotá-lo, Yushin Okami, na luta principal do UFC Rio. Uma vitória irá adicionar ao seu recorde um reinado e ainda manter uma distância de seus colegas de categoria.

Então como é que ele chegou aqui? Vamos descobrir ...

Carlos Newton - 16 mar 2003 - PRIDE 25
Resultado - Nocaute no R1

Newton, um ex-campeão dos médios do UFC que havia perdido seu cinturão para Matt Hughes há oito meses, estava voltando para o Pride, pela primeira vez em mais de um ano, e com uma sequência de quatro vitórias no Japão, sua luta com o praticamente desconhecido (pelo menos para os fãs casuais) Anderson era um grande negócio. Bem, se os fãs não sabiam ele quem era antes da campainha tocar, eles certamente sabiam quem era após a joelhada voadora que entrou na cabeça de Newton e o mandou para a lona. Assustadoramente, com a natureza respeitosa e silenciosa da multidão japonesa, o som da joelhada foi audível a todos os presentes e aqueles que assistiam na TV. No fim, o homem que fez uma imitação de Michael Jackson após a luta era um lutador assustador.

Tony Fryklund - 22 de abril de 2006 - Cage Rage 16
Resultado - Nocaute no R1

Após a vitória sobre Newton, Silva faria um recorde de 5-3 em seus próximos oito embates, perdendo por finalização para Daiju Takase e Ryo Chonan e por desqualificação para Yushin Okami, e conseguiu vitórias sobres os veteranos do UFC Jeremy Horn, Lee Murray, Jorge Rivera, e Curtis Stout. A próxima presa, também veterano do UFC, era Tony Fryklund da Miletich Fighting Systems, e embora o resultado final mostre um nocaute de Anderson no primeiro assalto, foi a maneira como ele fez isso que foi simplesmente incrível. Lançando uma cotovelada de baixo para cima do nada, Fryklund desabou na lona tão atordoado, que suas tentativas imediatas de levantar foram em vão. Foi um show espetacular da destreza, versatilidade e criatividade de Anderson.

"Isso é o que faz a diferença", disse Anderson quando lhe perguntaram o que faz com que ele tente algo que a maioria não ousaria. "Eu não acho que sou melhor do que ninguém, só queria provar a mim mesmo que as coisas que imagino podem ser feitas. Espere o inesperado".

Chris Leben - 28 de junho de 2006 - UFC Fight Night
Resultado - Nocaute no R1

Anderson assinou com o UFC após a luta com Fryklund, e enquanto os seguidores fiéis do MMA sabiam quem "The Spider" era, para o fã casual, o participante do The Ultimate Fighter é Chris Leben - então em uma com cinco vitórias - estava a um passo de encarar o campeão médio Rich Franklin. Mas logo que a campainha tocou, ficou claro que este era um novo tipo de striker, que facilmente evitou os ataques brutos de Leben e disparou de volta sequências que deixaram "The Crippler" indefeso. O fim chegou na marca de 49 segundos do primeiro round, e Franklin tinha um novo desafiante em potencial.

Rich Franklin I - 14 de outubro de 2006 - UFC 64
Resultado - Nocaute no R1

Com apenas uma vitória no UFC, Anderson teve chance de enfrentar o campeão Franklin, que estava há mais de um ano no topo, com defesas diante de Nate Quarry e David Loiseau. E apesar de Anderson ter passeado contra Leben, muitos não viam como se ele tivesse a mesma facilidade. Mais uma vez, quando a campainha tocou, Anderson pegou Franklin no clinche que o campeão não foi capaz de libertar-se. Dentro do clinche, Franklin recebeu uma série de joelhadas, com o golpe derradeiro quebrando seu nariz. Aos 2:59 do primeiro round, havia um novo xerife na cidade, e seu nome era Anderson Silva.

"Essa luta foi um ponto de mudança enorme na minha carreira", disse Anderson. "Ela realizou um sonho e mudou a minha vida de muitas maneiras".

Rich Franklin II - 20 de outubro de 2007 - UFC 77
Resultado - Nocaute técnico no R2

Anderson não se acomodou depois de bater Franklin, finalizando Travis Lutter e aplicando um TKO em Nate Marquardt. Mas foi a revanche com aquele que ele havia batido pela coroa que movimentou o mundo das lutas. Adicione mais ingredientes, a luta revanche foi realizada em Cincinnati, a cidade natal de Franklin, mas apesar da vantagem de lutar em casa, o resultado foi o mesmo. Claro, Franklin chegou ao segundo assalto, mas Anderson estava feroz, emplacando combinações que deixaram "Ace" perplexo. Agora imagine você, Rich Franklin era um dos melhores pesos médios da época. Para fazer com ele o que Anderson fez, foi muito mais do que incrível.

Dan Henderson - 1 de março de 2008 - UFC 82
Resultado - Finalização no R2

Depois de atropelar todos os seus oponentes anteriores no UFC, as perguntas começaram - alguém seria capaz de desafiar Anderson Silva? Dan Henderson, o homem que conquistou os títulos do Pride em duas classes de peso ao mesmo tempo, sentiu que era o homem para fazer isso, e após os primeiros cinco minutos da luta  no UFC 82, ele certamente estava no caminho. Ele tinha conseguido acertar sua direita e manteve o campeão longe de montar qualquer ofensiva. Mas Anderson, um faixa preta de Jiu-Jitsu, manteve a calma característica, e depois de sacudir Henderson com alguns golpes no segunda round, a luta foi para o chão e ele finalizou "Hendo" com um mata-leão. Melhor pound-for-pound do mundo? Absolutamente.

Forrest Griffin - 8 de agosto de 2009 - UFC 101
Resultado - Nocaute no R1

Após vitórias menos memoráveis sobre Patrick Cote e Thales Leites, os fãs de luta estavam ficando impacientes e praticamente exigindo um retorno do brasileiro para a categoria que ele já havia se testado, até 93 kg. Essa segunda viagem seria contra o ex-campeão dos meio-pesados Forrest Griffin. Bem, se Anderson queria silenciar os críticos ou apenas proporcionar um desempenho que defina a si mesmo, o resultado final foi uma exibição brilhante de defesa e grande precisão que acabaram com Griffin no primeira round - deixando um lotado Wachovia Center com a boca aberta.

Chael Sonnen - 7 de agosto de 2010 - UFC 117

Resultado - Finalização no R5
O "renovado" Silva estava longe de ser encontrado em sua desoladora vitória por decisão no UFC 112 sobre Demian Maia, mas quando combinado com Chael Sonnen em 2010, a certeza é que não haveria falta de motivação para o campeão. Sonnen provocou demais o brasileiro antes do combate. Surpreendentemente, o Sonnen foi ligeiro em diminuir a distância entre Anderson e ele com facilidade, levando o campeão para baixo. O que se seguiu foi uma surra imposta por Sonnen durante mais de quatro rounds, Anderson só ameaçou com alguns flashes. Mas, no quinto e último round, Anderson mostrou a raça de um campeão, espantando a derrota quase certa por decisão com um armlock dentro do triângulo que forçou Sonnen a desistir com apenas 1:50 para o fim.

Vitor Belfort - 5 de fevereiro de 2011 - UFC 126
Resultado - Nocaute no R1
Após mais de quatro anos no topo, a tendência para qualquer campeão é perder a motivação. A guerra com Sonnen teria sido também um motivo perfeito para Anderson não se animar com sua próxima luta, mas com o compatriota e ex-parceiro de treinos, Vitor Belfort, em pé do outro lado do octógono no UFC 126, ele estava mais empolgado do que nunca, e isso foi evidente na aquecida pesagem. Na noite da luta, Anderson garantiu que não iria cozinhar Belfort por cinco rodadas como aconteceu com os brasileiros Thales e Demian, e ele realmente fez isso, com um chute frontal na cabeça que derrubou Belfort como se ele tivesse sido baleado. Aos 3:25 do primeiro round, Anderson tinha acabado com a rivalidade em uma fração de segundo. Agora ele vai buscar fazer a mesma coisa contra Okami no dia 27 de agosto.

Watch Past Fights

Medios

Reciente
El equipo Velásquez lleva la ventaja 2 a 0 y el equipo Werdum confía ahora en el luchador olímpico Fredy Serrano para nivelar las acciones, esto y más en el siguiente episodio de The Ultimate Fighter Latinoamérica.
31/08/2014
UFC 177 at Sleep Train Arena on August 30, 2014 in Sacramento, California. (Photo by Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
30/08/2014
UFC 177 weigh-in at Sleep Train Arena on August 29, 2014 in Sacramento, California. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
29/08/2014
Alejandro "Diablito" Perez, originario de Aguascalientes, cuenta un poco de su historia y su sentir como parte del Team Velásquez y de TUF Latinoamérica.
29/08/2014